Após 72h de trabalho, Estação de Tratamento de Zimbros volta a operar

4 de janeiro de 2017 15:480 comentárioViews: 11

A Estação de Tratamento de Zimbros voltou a operar normalmente nesta madrugada, após o esforço contínuo das equipes da concessionária Águas de Bombinhas em quase 72h de trabalho.

A adutora que leva água bruta até a Estação rompeu em três pontos diferentes após um desmoronamento de terra, causado pelas fortes chuvas do último final de semana. Durante a enxurrada, algumas pedras rolaram e atingiram a tubulação.

Para reparar o problema, as equipes trabalharam em locais de difícil acesso, em área íngreme e de mata fechada. Para agilizar o trabalho e fazer o conserto de forma mais rápida, uma embarcação levava as peças que foram utilizadas até os colaboradores e à trilha que dá acesso à adutora.

Conforme o diretor-presidente da Águas de Bombinhas, Ricardo Miranda, que acompanhou de perto os trabalhos até as 5h desta terça-feira, desde o dia 31 a equipe trabalhou em sistema de plantão, durante 24 horas.

“Neste momento já estamos fazendo uma carga, mas ainda com baixa pressão, até mesmo para evitar um novo rompimento”, explica o diretor. Ainda de acordo com ele, no decorrer nas próximas 24 horas o abastecimento na região de Zimbros e Canto Grande retornará gradativamente.

 

Caminhões-pipa são gratuitos

A Águas de Bombinhas, que assumiu o sistema há três meses, esclarece aos moradores e turistas que disponibiliza oito caminhões pipa para abastecimento em regiões que estão sendo atingidas pela falta d´água. Esse serviço é prestado por empresas contratadas pela concessionária gratuitamente.

Qualquer tipo de cobrança por fornecimento de água de caminhão contratado pela Águas de Bombinhas deve ser denunciada à empresa pelo telefone 0800 545 1414 ou pelo aplicativo WhatsApp no número 99234 1414. A concessionária não se responsabiliza por caminhões particulares que não tenham sido solicitados pela empresa.

A empresa lamenta pelos transtornos causados pelo desabastecimento registrado em diferentes pontos da cidade e reitera que trabalha 24h com mais de 50 colaboradores a fim de minimizar os transtornos e retomar a normalidade do sistema.

Uma das metas do contrato firmado com a prefeitura é tornar Bombinhas autossuficiente no abastecimento de água, o que vai contribuir para solucionar o problema de desabastecimento durante as próximas temporada de verão.

Leave a Reply


Facebook